sexta-feira, 29 de julho de 2011

Jogo de Hóquei

5x4 não é escore para uma partida de futebol de campo. Até em futsal seria meio exagerado. Ora, que dirá em pleno Campeonato Brasileiro de Futebol, o mais disputado do mundo. Flamengo e Santos fizeram na quarta passada uma pantomima que não se repetirá, pelo simples fato de que fazia parte do espetáculo. O blogueiro Chico Costa, que escreve uma coluna esportiva, fez o seguinte comentário a respeito:"A verdade é que Santos e Flamengo jogaram futebol ‘à moda antiga’: ninguém marcou no meio campo. Sobrou espaço. Paraguaios e venezuelanos, por exemplo, não jogam nada, mas não costumam ser tão generosos com os adversários."

Desafio o Santos de Muricy ou  o Flamengo de Luxemburgo a entrarem em campo contra o Inter sem meio de campo como aconteceu na quarta-feira. Sim, a audiência televisiva agradece, mas apesar de Neimar e Ronaldinho, nenhum desses times ganharia sequer do rebaixado River Plate argentino, se entrassem em campo jogando daquela forma contra os argentinos. Vale o mesmo para o Cerâmica de Gravataí...

Sabemos que a visão gaúcha de futebol é diferente daquela que os cariocas possuem. Nosso objetivo é, e sempre foi, ganhar de meio a zero. O que vier a partir disto é lucro. Já, no centro o país, trata-se o futebol de campo como um espetáculo, onde interessa mais o aplauso e delírio instantâneo do que a conquista, os títulos. Se acreditarmos que o futebol virou uma opção para enlatados televisivos, OK, vamos aplaudir jogos com placares elásticos -estranho que na mesma noite São Paulo fez com Coritiba uma partida semelhante com escore quase tão improvável- sabendo que temos de abdicar de formar uma seleção nacional que traga o hexa, ou qualquer outra conquista internacional de vulto. Não esqueçam que o intervencionismo no futebol nos valeu uma quarto de século sem ganhar uma Copa do Mundo.

Querem o time dos bonitinhos da mídia? Escolham entre Flamengo, Santos e São Paulo os jogadores selecionados. Garantam esse vendilhão do Mano como treinador e vai rolar a festa. Só que jamais voltaremos a ver mundiais ou quaisquer outras taças dormirem no Brasil, para serem furtadas à socapa. Antes ganhar do decantado Milan de Pato e Ibrahimovic nos pênaltis do que perder de 5x4 para o enganador Flamendo de Ronaldinho Dentuço. Quem preferir placares de jogo de hóquei, que caia sentado nessa fria. E depois não reclame.

Nenhum comentário:

Postar um comentário