quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

É Mais Que Orgulho, É Só Alegria

Meu dezembro não tem como ser mais alegre. Minhas 3 maiores alegrias na vida aconteceram neste mês. Uma alegria reforçada a cada dia que passa pelo orgulho e admiração que tenho, em ver o desenvolvimento desta que é, até o momento, minha melhor obra: a paternidade. 

Neste dia em que comemoro a chegada de um ser carinhoso, parceiro fiel, capaz de remoer calado a contrariedade mas incapaz de uma palavra ríspida ou ataque de raiva, vejo como valeu a pena investir na construção de mais um ser humano. Um ser humano que já atingiu a estatura do pai, que já formou-se no Ensino Fundamental e que já tem a experiência -e paciência- de saber cuidar do pai quando este se acidentou, em duas oportunidades recentemente, abdicando mesmo das próprias férias para isso. 

Um coração gigantesco em uma mente com capacidade de observação extraordinária; um bom humor constante e difícil de abalar, tanto quanto sua capacidade de ver o lado bom das coisas e não perder a fé no que virá. Esta última qualidade vem sendo meu esteio nestes anos recentes, a força que não me deixa desanimar e querer sempre ir além.


Enfim, meu caçula Luiz, é mais que orgulho ter a oportunidade de estar por perto, assistindo esse espetáculo do crescimento que é a saída da infância e a passagem pra vida de adulto. É muita alegria, aliás, só alegria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário