sábado, 3 de outubro de 2015

Eleições Distritais com Voto Facultativo

    Ouço e leio há bastante tempo que o Brasil precisa urgente de eleições distritais, com voto facultativo. Só assim reduziríamos o custo para os candidatos e estes teriam mais afinidade com a comunidade que representam. Ao mesmo tempo que se poria fim ao fisiologismo do voto cabalado a quem vende o sufrágio por alguns tostões, algum favor, ou mesmo um pão com mortadela. Pois muito bem, chegou a hora: neste domingo, 4/10, teremos eleições em todo país, quando 99,89% dos municípios escolherão seus representantes para o Conselho Tutelar. Eleições livres, sem a obrigatoriedade do voto e de caráter eminentemente distrital, pois os candidatos estão registrados por regiões de até 100mil habitantes e a estas devem representar os que forem eleitos. E você nem sabia, não é mesmo? Ou se sabia não está nem aí.

    Talvez seja bom saber também que, para pertencer ao Conselho Tutelar, um candidato tem que passar por etapas de qualificação, como curso de capacitação, ter mais de 21 anos e idoneidade comprovada, além de passar pela seleção do voto. São 29.780 conselheiros em todo o Brasil, sendo que 2.600 só no RS e acreditem que, dos mais de 1 Milhão de eleitores Porto-Alegrenses, apenas 29 mil foram às urnas definir os conselheiros nas eleições de 4 anos atrás.

    É a isso que ficaremos restritos caso o voto seja facultativo em todos os níveis, como tanto clamam os brasileiros? Menos de 3% de comparecimento e envolvimento do eleitorado?

    Se você pretende gastar alguns minutos do seu domingo para exercer seu direito de votar, seguem as listas de candidatos e os locais de votação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário