quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Eu amo esse sul de mundo

Nada como um dia após o outro com 24h no meio. Cadê o cinza, onde foram parar as nuvens e a tormenta que chegou logo após o sol se por?

Porto Alegre não tem habitantes, apensas sobreviventes.
Em tempo: aquela coisa amarela, avermelhada no fundo da foto se chama sol

Nenhum comentário:

Postar um comentário